A Ilha Sombria - Encontro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Ilha Sombria - Encontro

Mensagem por Mestre em Qua 7 Dez 2016 - 13:45

- Essa ilha tem uma atmosfera muito peculiar, sinto perturbações arcanas fugazes. - Zenon examinava o ar, captando cada pequena perturbação magico-magnética com seus sentidos.

- Oque foi que ele disse? - Kurt sussurrou para o irmão, logo à frente.

- O clima aqui é pesado, basicamente.

-Ahh... concordo - o irmão mais novo sentia calafrios constantes naquele lugar, e sequer começaram a mapear ele.

O terreno rochoso criava uma espécie de trilha rumando ilha adentro, o grupo não possuía um mapa terrestre do local, portanto estavam as cegas, com passos lentos a medida que o anão alquimista registrava cada passo em um croqui improvisado. Zargon notou que estavam subindo aos poucos, como se subissem uma encosta ou monte.

- Bingo - Zargon subiu uma pequena elevação rochosa e apontou para o nevoeiro a frente - acho que encontramos oque queríamos, seja la oque essa merda for...

O grupo contornou a e os batedores fitaram o nevoeiro por alguns segundos, buscando alguma coisa, quando finalmente a visão se acomodou e um contorno nebuloso de um grande monólito se revelou logo a frente, uma espécie de construção ou torre onde a trilha aparentemente dava.

- Bom - Eddward saca sua espada larga - daqui pra frente é seja lá oque Os 10 quiserem.

- Não sabia que era devoto - Zargon sorriu de canto enquanto também se armava de um par de facas

- Não sou, mas... nessas horas é bom apelar pra qualquer coisa.


A trilha de fato acabava em uma portinhola de madeira ligeiramente apodrecida na base do que parecia uma torre, escavada dentro de uma formação rochosa que deveria ter entre 30 e 40 metros, uma perfeita fortaleza escondida do mundo. Zargon tomou a frente e abriu a porta sem emitir ruídos, suas vestes eram de linho e couro, tornando-o ágil como um gato, nem o farfalhar de seu sobretudo poia ser ouvido. Logo após ele, Kurt entrou com uma armadura de couro leve, menos móvel mas igualmente silenciosa, com uma espada em uma das mãos, temeroso. O irmão Eddward entrou depois de alguns instantes com a espada larga em punho, a armadura emitia pequenos estalos aos se mover portanto ele preferiu dar alguns passos de distancia entre os membros mais sorrateiros e ele, Zenon o acompanhou pois também vestia uma armadura, mas esta de platina, mais leve e resistente, portando sua espada bastarda de ossos de dragão. Por fim Giovanni seguiu atrás dos defensores, sem medo, curioso quanto a situação e protegendo a retaguarda do grupo com seu machado imenso.

A torre era maior do que imaginavam, haviam caminhos por todos os lados, escadas subindo e descendo, corredores que se estendiam indefinidamente, a noção de espaço ali era quase inexistente. O pé direito alto dava um ar sinistro ao salão mau iluminado, a visão era limitada mas Zenon sabia que podia contar com certos artifícios de seus companheiros, e de fato não demorou até que Zargon o sinalizasse de que havia algo após uma das escadarias que rumava ao subterrâneo.

O draconiano não pestanejou e, como líder instituído da excursão, sinalizou para que mantivessem a formação e fossem na direção indicada pelo mercenário, imergindo na escuridão, para na sequencia se depararem com outra porta, dessa vez não tão castigada pelo tempo, com trancas firmes de ferro presas pelo lado de fora.

- Uma prisão? oque diabos estão fazendo aqui? - Zenon sussurrou em com quase inaudível

- Quer mesmo saber? - Zargon habilmente destrancou a porta sem estardalhaços

- Que seja, vamos revirar esse lugar.

A sala era ampla para uma sela, iluminada por pequenas tochas curiosamente esverdeadas, "Mais energia arcana" o draconiano pensou, e estava certo, não haviam de fato tochas, apenas labaredas verdes flutuando em paralelo as paredes, simulando tochas normais. Era possível discernir uma única coisa na sala, uma espécie de gaiola, uma jaula pendendo do teto quase encostando no chão, com algo dentro dela. Zargon deteve a Kurt antes que se aproximasse, pois acabara de notar ossadas no fundo da sala, aquilo podia ser uma armadilha, e de fato era.

A porta rangeu e em menos de um segundo foi cerrada e trancada de maneira ensurdecedora, gerando ecos por toda a torre.

- Eu me descuidei, fiquem atentos - Zenon fraquejou a voz, odiava tomar decisões precipitadas como aquela.

- Pelo menos não precisamos mais sermos furtivos - Eddward estralou o ombro ao se aproximar da gaiola, percebeu um homem desacordado, jovem, de cabelos claros como a neve e vestes vermelhas que lembravam a dos mestres arcanos do Fogo

Ao tentar se aproximar do aparente prisioneiro, sem aviso algum uma explosão esverdeada destruiu a jaula, mandando fragmentos de metal para o teto e paredes, fazendo com que todos se abaixassem, menos Eddward que usou o lado de sua espada para aparar os fragmentos que acertariam sua cabeça, a unica parte desprotegida pela armadura.

O prisioneiro agora parecia estar em um tipo de transe, flutuava onde antes havia a jaula, emitindo uma aura verde, descalço e com as roupas desgastadas, era possível sentir uma força esmagadora vindo dele.

- Weller! - Zargon se referia a Eddward pelo sobrenome - não use força bruta, ele esta sob efeitos psíquicos!

- Certo... - o cavaleiro de aço girou a lamina por cima da cabeça e golpeou com o lado da espada mirando a têmpora do inimigo, saltando no momento certo para equipara-lo na altura.

O golpe pegou em cheio e o aparente mago zuniu através da sala e destruiu a parede esquerda com o impacto, capotando por mais alguns metros, fazendo pequenas pedrinhas caírem do teto, Zenon ponderou se sua ordem não tinha sido entendida de maneira oposta, mas assim que se levantou pode ver que o mago havia sequer se ferido, algum tipo de encanto o protegia também fisicamente. Antes que o grupo pudesse alcançar o mago, ele revidou.

- 3ª chama, circulo de Isuldor! - o encanto foi proferido e gestuado à medida que um circulo verde se formava em torno do mago, uma energia incandescente crescia e era sentida a distancia, o circulo aos poucos de condensava e tornava maior e mais quente.

Zargon pensou rápido e saltou em direção ao solo como se fosse uma piscina, e de fato submergiu de alguma forma, desaparecendo para reaparecer exatamente abaixo do mago onde o circulo não o protegia, as laminas uivaram cortando o ar e o encanto do circulo foi desfeito, o mago cambaleou para trás enquanto Zenon aterrissava alguns passos para tras, os cortes precisos formaram um X no tórax do inimigo, destruindo por completo a parte de cima da túnica, revelando um cristal verde ficado no centro do peito do mago.

Ali! Aquele é o catalizador! - Giovanni reconheceu o padrão energético da pedra e calculou que aquele seria o ponto fraco, partindo em um salto com seu machado para destruir o cristal e liberar o mago do controle mental. O machado atingiu o solo a medida que o mago esquivou a sua lateral para desviar do golpe, oque ele não contava é com a sincronia do grupo, pois Kurt sacou sua pistola e mirou enquanto o mago estava no ar, sem meios de desviar ou mudar sua trajetória.

O tiro foi certeiro e fez o cristal rachar, causando aparente dor ao mago que até então estava inexpressivo, o grupo aproveitou a janela e atacou com tudo.

- Caia perante o Rei dos Céus... - Zenon adotou uma postura ofensiva com a espada em riste a medida que uma energia azulada percorria sua lamina, formando um dragão que se projetava além da lamina, apontando para o inimigo - Ira do Dragão Alado! - A lamina respondeu as palavras magicas e projetou um raio a partir de sua ponta, perco rendo a sala e atingindo em cheio o mago, destruindo algumas paredes após derruba-lo.

Eddward percebeu que a gema ainda não cedera e partiu em disparada, pulando e desviando de alguns escombros, pulou o mais alto que pode logo acima do mago estirado no chão e cerrou os punhos em um martelo improvisado, mas antes de atingir em cheio seu inimigo, seus músculos se enrijeceram e sua pele ficou gelada, antes de pular, enquanto corria, seu corpo se transmutava em uma técnica milenar passada entre os cavaleiros de alto nível, ao saltar ele se tornou uma estatua de ferro, todos os pontos de seu corpo agora eram aço solido enquanto descia em velocidade impressionante, aproveitando a grande altura que as salas possuíam.

O cavaleiro de aço, agora fazendo jus a sua alcunha, despencou como um bloco de ferro em cima do mago, estilhaçando o cristal e formando uma cratera na sala, estremecendo as estruturas doe toda a torre.


- Isso é força não-bruta? - Zenon se aproximou de Eddward levemente debochado, sentado ao lado do mago, agora apenas desacordado, estranhamente sem nenhum dano ou cicatriz da batalha - a gema absorveu todo o dano físico... Impressionante.

- Ele deve acordar logo - Giovanni agora soava sobreo - seja la com quem ou oque estamos lidando, não são apenas piratas ou saqueadores - o anão pegou um fragmento do cristal no chão que aos poucos de tornava pó - isso é magia arcana avançada, quem criou isso sabia oque estava fazendo, talvez esse seja o menor dos nossos problemas aqui.

Com exceção de Zargon, que analisava as salas que a luta acabara revelando, o grupo todo se acomodou ao lado do mago desacordado enquanto pensavam no próximo passo.

- Agora que sabem que estamos aqui, não temos porque agir furtivamente, provavelmente serão lutas seguidas de mais lutas sem descanso, a qualquer momento podem nos abordar aqui.

- Não por agora - Zargon voltou do reconhecimento da área - nós destruímos as outras entradas, a única que sobrou é aquela ali - aponto para a porta de onde vieram.

- Excelente... -Antes que Zenon pudesse expor o seu plano, o mago finalmente começou a emitir gemidos e sinais de reação, Kurt o ajudou a se sentar devagar e serviu um pouco de agua de seu cantil antes de qualquer coisa.

- Fique calmo, esta em boas mãos agora - Zenon tomava a posição de porta-voz do grupo também - Qual seu nome?

- Eu... - o mago ainda estava zonzo e piscava forçosamente, absorvendo tudo que havia ocorrido, no momento em que ele fitou seus olhos nos de Zenon com firmeza, as tochas da sala que eram verdes rajaram num escarlate vivido - Eu sou Zurith, da Capital das Chamas.

Mestre
Mestre da Mesa
Mestre da Mesa

Mensagens : 210
Data de inscrição : 29/01/2016

Ver perfil do usuário http://ellementrium.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum